Assine esse blog e receba nossas postagens por e-mail

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Oficina de Alfabetização Matemática da Semana Acadêmica 2015


Para a oficina de Jogos Matemáticos as Pibidianas, do Grupo Escolar Municipal Marlene Zuchi, com a orientação da Supervisora Maria Grasiela desenvolveram dois jogos: A Corrida dos coelhinhos e a Maçã Numérica, jogos para crianças de 4 e 5 anos.
Corrida dos Coelhinhos
CORRIDA DOS COELHINHOS


MATERIAL: caixas de ovos, tinta, tampinhas de garrafa pet, dadinho feito de papel colorido cartão, cola branca, cola quente, E.V.A.

COMO FAZER: Pinte com as crianças caixinhas de ovos com tinta guache, cada caixa de uma cor, após confeccione coelhinhos coloridos de E.V.A.(você pode criar outro animalzinho como cavalos, etc.)

Cole os coelhos nas tampas de garrafa pet com cola quente.
Faça números de 1 a 6 para colar nas caixas de ovos.
OBS: cada coelho tem que corresponder a cor que deve ter nos dados.


COMO JOGAR: O jogo deverá ter 6 jogadores ou menos, cada um joga o dado de uma vez, após a jogada do dado a cor que cair será o coelho que vai correr, uma casa por vez, quem chegar primeiro no número 6 é o vencedor.
As crianças deveram seguir a sequência dos números pulando sempre uma casa.


OBSERVAÇÃO: pode ser adaptados com carrinhos, cavalinhos e outros que a sua criatividade fluir, no lugar dos coelhinhos, principalmente quando há grupos de meninos que adoram este tema.

Oficina sendo realizada, oficineiras montando A Corrida dos Coelhinhos
e o outro jogo foi a Maçã numérica





                                                      MAÇA NUMÉRICA:


OBJETIVO: Relacionar o valor numérico de cada maçã a cada valor numérico do palito. 

MATERIAL: 5 palitos de picolé, papel cartão, tesoura, tinta guache, pincel escolar, cola branca e pincel atômico. 

COMO FAZER: Construa o jogo com as crianças. Pinte os palitos de picolé, indicando em cada palito um valor numérico de 1 a 5. Após confeccionar 5 maçãs com papel cartão, também indicando em cada maçã um valor numérico de 1 a 5. Faça dois recortes em cada maçã para transpassar o palito. 

COMO JOGAR: Esse jogo poderá ter 1 ou 2 participantes. Em uma caixa ou envelope, as maçãs e os palitos deverão estar separados, assim cada participante deverá atingir o objetivo, relacionando o valor numérico de cada maçã ao valor no palito.


As Pibidianas da Escola Básica Prof. Clotilde Ramos Chaves realizaram a atividades do Bingo das Operações e da Trilha Matemática, que foram confeccionadas com materiais recicláveis e sucata.

DOMINÓ HUMANO 

OBJETIVOPromover a percepção da solução de problemas de forma coletiva como algo possível e positivo no processo de ensino-aprendizagem.

MATERIAL: E.V.A ou papel cartão (6 folhas), Barbante, Palito (de picolé ou de churrasco), Papel cartão (6 folhas), Pincel atômico, Régua e Tesoura.

COMO FAZER:  
O professor distribui placas/”crachás” individuais contendo os números (de 1 a 30) para cada jogador.
Para cada jogador, também serão distribuídas, aleatoriamente, placas contendo operações de multiplicação que resultam nos números que os alunos portam.
O(a) professor(a) mediador(a) poderá iniciar lendo uma das operações, e o jogador que estiver portando o número correspondente à operação deverá responder “eu tenho o número tal” e levantar a placa contendo a próxima operação a ser resolvida 

PROBLEMATIZAÇÃO:
A atividade do dominó favorece o aprimoramento da habilidade de concentração bem como o desenvolvimento do raciocínio lógico matemático, estimulando o cálculo mental ao mesmo tempo que oferece referências visuais como subsidio a fim de facilitar a organização do pensamento. Ainda, a atividade promove a interação entre a turma, envolvendo-os de forma integrada no processo de ensino-aprendizagem, favorecendo a solução de problemas coletivamente e o desenvolvimento da oralidade. Ainda, o dominó humano permite às crianças se sentirem não somente no jogo mas parte dele, como peças fundamentais para seu desenvolvimento.

TRILHA PEDAGÓGICA

 
OBJETIVO:
Promover o raciocínio lógico matemático e a concentração; aprender cálculo  mental, estratégias pessoais e procedimentos de cálculo; ler e interpretar texto sobre contagem; conhecer as regras de trilha; aprimorar atitude de interação, colaboração e troca de experiências em grupo.

 MATERIAL: 1 trilha (confeccionada com papel pardo, cartolina, desenhada no chão ou com outros materiais que forem escolhidos), 1 dado, O jogador será o marcador (ou usar outro objeto como marcador).

COMO FAZER: O papel pardo será cortado de acordo com o tamanho e o formato escolhidos e depois serão emendados com fitas, em algumas casas serão colocados os comandos: avance 1 casa; volte duas casas; e assim por diante.
com papel cartão ou cartolina confeccionar fichas contendo operações matemáticas para serem resolvidas (podendo ser qualquer tipo de pergunta).

COMO JOGAR: máximo de 4 jogadores.
Os jogadores decidem que começará a partida;
Cada jogador, na sua vez, joga o dado e anda conforme as indicações da trilha seguindo as  instruções das cartas retiradas;
Vence quem chegar primeiro ao final do percurso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário